Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

terça-feira, 25 de julho de 2023

0

GUARDA PORTUÁRIA PRENDE 4 HOMENS INSERINDO COCAÍNA EM CONTEINER DENTRO DE TERMINAL NO PORTO DE SANTOS

 

Dentro da cabine do caminhão foram encontradas quatro bolsas com tabletes de cocaína, que totalizaram 119 kg

A Guarda Portuária (GPort) efetuou a prisão em flagrante de quatro homens dentro do terminal BTP – Brasil Terminal Portuário, no Porto de Santos, litoral de São Paulo,

O flagrante ocorreu na madrugada de sexta-feira, 14/7, após os vigilantes do terminal, observarem pelo sistema de câmeras, a movimentação suspeita de um grupo perto de um contêiner.

Assim que foi acionada, os guardas portuários fizeram a abordagem. O caminhão era dirigido por André Batista, de 43 anos, que alegou que entrou com o seu veículo no BTP porque recolheria um contêiner vazio no terminal.

Dentro da cabine do caminhão ele levava escondido três homens, identificados como sendo: Lynnecker Nunes Souza da Costa; de 25 anos, Richard Jesus do Nascimento; de 22, e Vitor Afonso da Silva Amparo Alves; de 30. 

Na boleia também foram encontradas quatro bolsas com tabletes de cocaína, que totalizaram 119 kg. Além da droga, também foi apreendido no local um alicate de pressão, um lacre intacto e os aparelhos celulares.

Os quatro homens, após receberem a voz de prisão, a droga e o material apreendido foram conduzidos à sede da Polícia Federal (PF), no centro da cidade, onde foram autuados em flagrante por tráfico internacional de drogas.

Eles admitiram que aceitaram a proposta de colocar a cocaína no cofre de carga em troca de dinheiro. Dois indiciados revelaram que receberiam R$ 50 mil para dividirem entre si.

A PF realizou a perícia no local dos fatos, a fim de subsidiar a investigação a ser conduzida em inquérito policial.

Receita Federal

De acordo com a Receita Federal do Brasil (RFB), o contêiner com cerca de duas toneladas de bagagem desacompanhada, tinha como destino o Porto de Gênova, na Itália.

A técnica empregada pela quadrilha é chamada de "Rip-Off Modality", na qual a droga é inserida em uma carga regular, sem o conhecimento dos exportadores e dos importadores.

O uso da técnica dificulta a gestão de risco aduaneiro, requerendo servidores especializados na análise de imagens e conhecimento no controle da movimentação de contêineres de exportação.



A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.