Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

quarta-feira, 27 de setembro de 2023

0

PF E MARINHA INTERCEPTAM EMBARCAÇÃO NA COSTA DE PERNAMBUCO COM 3,6 TONELADAS DE COCAÍNA


Após a interceptação, o navio foi escoltado para o Porto de Recife

Na tarde de terça-feira da semana passada (19/09), uma embarcação carregada de drogas foi abordada pela Polícia Federal (PF) e pela Marinha do Brasil (MB), no mar territorial do Estado de Pernambuco. Após a interceptação, o navio foi escoltado para o Porto de Recife.

De acordo com a PF, estima-se que essa seja a maior apreensão de entorpecentes registrada em alto-mar brasileiro e valem R$ 108 milhões.

Abordagem

Segundo a MB, a ação, que fez parte da operação "Ágata Nordeste", ocorreu a uma distância de 18 milhas náuticas do Recife, o que equivale a, aproximadamente, 33 quilômetros.


A instituição informou que agentes da PF embarcaram num navio-patrulha de 500 toneladas, que partiu de Natal em direção à costa pernambucana, e abordaram a embarcação “PALMARES 1”,  localizando 3,6 toneladas de cocaína em compartimentos no seu interior.

A droga, foi encaminhada para a Superintendência Regional da Polícia Federal em Pernambuco.

Embarcação saiu do Porto de Itajaí

Em entrevista coletiva, no Recife, o delegado Márcio Tenório afirmou que a embarcação saiu do Porto de Itajaí, em Santa Catarina, e seguiria para a África.

Ainda segundo a PF, o navio chamou a atenção quando estava sendo reformado, sem nenhum vínculo com alguma empresa ou prestadora de serviço.

Márcio Tenório disse, ainda, que houve colaboração de vários setores da PF para detectar o tráfico internacional e interceptar o navio.

"Os trabalhos decorrem de uma investigação em diversos estados da Federação e pelo que se tem conhecimento em relação às rotas, era muito óbvio que a partir da costa pernambucana a embarcação seguisse para a África. Então, achou-se oportuno que a abordagem já fosse feita enquanto a embarcação passava aqui na costa do estado", disse Tenório.

Na embarcação havia cinco tripulantes e ainda de acordo com as investigações, cada um receberia R$ 20 mil.

Tráfico Internacional

Segundo a PF, os cinco tripulantes brasileiros, que conduziam a embarcação, cuja carga estimada é de 3,6 toneladas de cocaína, são brasileiros. Eles foram autuados em flagrante por tráfico internacional de drogas e associação para o tráfico. A pena para esses crimes pode chegar a 35 anos de prisão.

Veja abaixo o vídeo divulgado pela Marinha do Brasil:





A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e adicionado o link do artigo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.