Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2024

0

MAIS DE 800 KG DE MACONHA E 35 KG DE COCAÍNA SÃO ENCONTRADOS EM PORÃO DE EMPURRADOR NO RIO SOLIMÕES



Droga pertencia a um grupo de criminosos que utiliza o rio para escoar droga em embarcações de empresas de transporte fluvial

Investigações que duraram três meses levaram os policiais civis do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) a descobrirem 814,59 kg de maconha e 35,70 kg de cocaína que estavam concretados no porão do empurrador Amaranka.

De acordo com o diretor do DRCO, delegado Mário Paulo, a droga está avaliada em mais de R$ 9 milhões e pertencia a um grupo de criminosos que utiliza o rio Solimões para escoar droga em embarcações de empresas de transporte fluvial.

Dois dos integrantes foram presos em flagrante no empurrador e a polícia ainda procura por outros três integrantes. Conforme Mário Paulo, o grupo criminoso é de Manacapuru e esta é a segunda vez que o DRCO apreende droga desses criminosos. Há três anos tiveram drogas apreendidas.

Desta vez a apreensão ocorreu na terça-feira (06), no Rio Solimões, nas proximidades do município de Coari (a 363 quilômetros de Manaus), na Operação Deja-Vu e teve o apoio da Delegacia Fluvial (DEFLU).

Conforme o delegado Mário Paulo, foi feita a abordagem à embarcação que estava descendo o rio Solimões. Durante a revista foram encontradas grande quantidade de maconha e cocaína, que totalizaram quase uma tonelada.

Na segunda-feira (05), policiais do DRCO apreenderam 2,8 toneladas de droga. Com a que foi apresentada hoje, a somatória de entorpecentes apreendidos pelo DRCO nesta semana é de quase quatro toneladas.

“Esse é o resultado de um trabalho de enfrentamento da Polícia Civil. A logística de transporte é uma forma de evitar a apreensão pela polícia, mas vamos continuar trabalhando com todo o rigor da Polícia Civil para impedir que as organizações não utilizem o Amazonas para distribuir droga para todo o Brasil”, foi o que disse o delegado geral da Polícia Civil, Bruno Fraga.

Fonte: Joana Queiroz - acritica.com


* Esclarecemos que esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

Respeitamos  quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros, informando o autor e a fonte, disponibilizando o link da origem da publicação .  Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.