Postagem em destaque

QUEM SÃO OS BANDIDOS BRASILEIROS MAIS PROCURADOS NO PAÍS E NO MUNDO? VEJA LISTA

  Dos 18 foragidos na lista nacional, oito têm ordem de prisão por crime de tráfico de drogas (44%) Traficantes e assaltantes conhecidos, ma...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 19 de março de 2021

0

PORTO DO RIO ADQUIRE CÂMERAS PARA MONITORAMENTO DO TRÁFEGO AQUAVIÁRIO

 

A instalação deste equipamento tecnológico impacta diretamente no trabalho da Guarda Portuária

A Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ), que administra o Porto do Rio de Janeiro, recebeu no início do mês, os primeiros equipamentos necessários à implantação de Local Port Services (LPS) nos portos do Rio de Janeiro, Niterói e Itaguaí.

A Autoridade Portuária pretende implementar LPS nesses portos até o final do 3º trimestre deste ano, dentro da 1ª fase dos Projetos dos VTMIS (sigla inglesa para "Sistema de Gerenciamento e Informação do Tráfego de Embarcações").

A instalação deste equipamento tecnológico impacta diretamente no trabalho da equipe tática da Guarda Portuária assim como o patrulhamento marítimo da Autoridade Portuária, executado através do Grupamento de Ações Extraordinárias da Guarda Portuária (GAEX), permitindo a navegação dos cargueiros com segurança a qualquer hora do dia e da noite.

Foram importados dois conjuntos de câmeras acopladas (duas câmeras ópticas e duas câmeras térmicas), a serem instalados na futura torre autoportante da Estação Remota do VTMIS no Centro Tecnológico da Marinha no Rio de Janeiro (CTMRJ), localizado na Ilha do Governador.


A compra foi realizada por meio da empresa Hensoldt do Reino Unido, que também proverá treinamento de pessoal e suporte à instalação dos equipamentos. O primeiro lote de equipamentos, composto de câmeras ópticas convencionais, já foi formalmente entregue nas dependências da CDRJ, sendo que a entrega das câmeras térmicas está prevista para ocorrer até o final deste mês de março.

Segundo Marcelo Villas-Bôas, gestor de VTMIS do Porto do Rio de Janeiro a implementação do VTMIS visa melhorar a segurança da navegação, salvaguardar a vida humana no mar, elevar a eficiência do tráfego marítimo, ajudar na prevenção da poluição marinha, além do cumprimento de padrões marítimos internacionais”.

“A instalação de câmeras ópticas e térmicas na torre do radar Sharp Eye SBS 800-2 da Marinha do Brasil no CTMRJ, que integrará o VTMIS dos Portos do Rio de Janeiro e Niterói, irá dotar a CDRJ de ferramentas modernas de gerenciamento da infraestrutura aquaviária, com reflexo direto sobre a eficiência operacional dos portos", afirmou ele.

                                              

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.    

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.