Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA EM GREVE NO PARÁ

  Em nota oficial, sindicato denuncia casos graves de intimidação Os Guardas Portuários do estado do Pará, vinculados a Companhia Docas do...

LEGISLAÇÕES

sábado, 30 de julho de 2022

0

PF APREENDE 175 KG DE COCAÍNA NO PORTO DO RIO DE JANEIRO

A ação de fiscalização contou com o apoio dos cães farejadores da Corporação

Na tarde da última quinta-feira, 28/7, a Polícia Federal (PF) apreendeu 175 kg de cocaína no interior de um navio cargueiro, que tinha como destino a cidade de Tenerife, na Espanha.

A ação realizada pela Delegacia de Repressão a Drogas (DRE/RJ), teve início após notícia da existência de volumes suspeitos no interior do navio por parte da Supervisão de Segurança Portuária do operador logístico que atua no Porto. A droga estava solta em meio a paletes, dentro de um navio de carros. Durante a apreensão, a equipe contou com o apoio dos cães farejadores Athos e Drica.

A droga foi encaminhada à Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro para formalização da apreensão. A investigação para identificação dos responsáveis pela remessa do entorpecente prosseguirá.

A pena pelo crime de tráfico transnacional de drogas pode chegar até 15 anos de reclusão.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.