Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

segunda-feira, 6 de março de 2023

0

POLÍCIA CIVIL E POLÍCIA FEDERAL APREENDEM 262 KG DE COCAÍNA EM TERMINAL PRIVADO NO PORTO DE PARANAGUÁ

 

Quatro pessoas foram presas enquanto tentavam alocar a droga em contêineres com destino ao exterior

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) e a Polícia Federal (PF), na madrugada de sexta-feira (24/02), apreenderam 262,5 kg de cocaína e prenderam quatro pessoas no Terminal de Contêineres do Porto de Paranaguá – TCP, localizado no Porto de Paranaguá.

Esta é a maior apreensão de cocaína da Polícia Civil no ano. Estima-se que o prejuízo ao crime organizado seja de R$ 6,5 milhões.

Os indivíduos foram surpreendidos pelos policiais enquanto tentavam alocar clandestinamente a droga em contêineres com destino ao exterior.

Além da droga, foram apreendidos também o caminhão, a carreta e as ferramentas utilizadas pelo grupo criminoso. Os presos foram encaminhados à Delegacia. Após os procedimentos de praxe, os presos foram encaminhados à Cadeia Pública do município.

“Essa é uma iniciativa integrada que visa coibir os crimes nas regiões portuárias e de fronteira. Estamos realizando trabalhos contínuos na região, em terra firme e em alto mar com objetivo de coibir o tráfico e trazer mais segurança ao Paraná”, afirma o delegado Rodrigo Brown.

“A partir dessa ação, a Polícia Federal dará continuidade nas investigações. É importante frisar que a atuação conjunta dos policiais auxilia nas operações policiais e contribui com a segurança da região”, completa o delegado da Polícia Federal, Bruno Rebelo.

Essa ação faz parte da Operação Albatroz, do programa Guardiões das Fronteiras do Ministério da Justiça e da Segurança Pública (MJSP), que visa reprimir a criminalidade transnacional na costa marítima brasileira, notadamente o tráfico ilícito de drogas, com a atuação integrada de forças policiais (federais e estaduais) e instituições de fiscalização e controle.

Ela é coordenada pela Secretaria de Operações Integradas (SEOPI), do MJSP, e conta com a atuação integrada da Polícia Federal (PF), Receita Federal do Brasil (RFB), das polícias Civil e Militar do Paraná, Guarda Portuária (GPort), Marinha do Brasil (MB), Ministério da Agricultura e do Abastecimento, Ministério da Infraestrutura e Agência Brasileira de Inteligência (Abin).


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.