Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024

0

POLÍCIA FEDERAL E GUARDA PORTUÁRIA APREENDEM 47,5 KG DE COCAÍNA NO PORTO DE ILHÉUS

 

O entorpecente tinha alto teor de pureza. Uma pessoa foi presa em flagrante

Na última quinta-feira (22), em operação conjunta, a Polícia Federal (PF) e a Guarda Portuária (GPort), apreenderam 47,5 kg de cocaína no Navio Costa Diadema, atracado no Porto de Ilhéus, na Bahia.

Uma mulher foi presa em fragrante quando tentava embarcar com 4,5 kg da droga no corpo. Posteriormente, mais de 42 kg dentro de uma mala, guardada em uma das cabines da embarcação.

De acordo com a PF, a cocaína, caracterizada pelo seu alto teor de pureza, estava sendo introduzida no navio em pequenas quantidades ao longo do itinerário, que incluiu paradas estratégicas antes de chegar a Ilhéus.

A mulher e a droga apreendida foram encaminhadas à sede da Polícia Federal, onde foi lavrado o flagrante. A PF que segue com as investigações para identificar os demais integrantes da Organização Criminosa (ORCRIM).

Na sexta-feira (23), na audiência de custódia, a mulher, que não teve a identidade divulgada, teve a prisão mantida Ela foi transferida para o presídio de Itabuna, na mesma região. Natural de Campo Grando, no Mato Grosso do Sul, ela usava documentos falsos.

A descoberta da droga e a prisão da suspeita são fruto de uma vigilância reforçada e da colaboração entre várias agências de segurança. Apesar do cruzeiro ser programado com término no Porto de Santos, a PF acredita que a droga tinha como destino final o exterior, devido ao seu alto teor de pureza.

2º Suspeito

Além da apreensão da droga e da prisão desta mulher, a PF identificou um segundo suspeito relacionado à operação de tráfico. Como a embarcação tinha 4.000 passageiros e 1.200 tripulantes, houve dificuldade de localizá-lo.

Quando a embarcação estava em alto-mar, próximo da meia-noite, O homem tentou retornar para a cabine, a mesma da mulher presa, mas como estava lacrada, ele não conseguiu entrar.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.   

* Texto: O texto deste artigo relata acontecimentos, baseado em fatos obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis e dados observados ou verificados diretamente junto a colaboradores.

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e adicionado o link do artigo. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.