Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA PARTICIPA DO DESFILE DA INDEPENDÊNCIA

A Guarda Portuária voltou a participar após 35 anos de ausência. A última participação ocorreu em 1982 Ontem (07) a Guarda Portuár...

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

0

BANDIDOS RENDEM CAMINHONEIRO E ROUBAM CARGA DE SOJA






Dois bandidos renderam um caminhoneiro, de 31 anos, na Rua Idalino Pinêz, em Vicente de Carvalho, Distrito de Guarujá, mais conhecida  como Rua do Adubo, na Margem Esquerda do Porto de Santos, Litoral de São Paulo. O roubo ocorreu na tarde da última segunda-feira (10), eles roubaram o veículo da vítima carregado com mais de 31 toneladas de soja.


O assalto ocorreu no momento em que um semáforo da via fechou. O caminhoneiro foi feito como refém por mais de seis horas. Ninguém foi preso e por enquanto a carga não foi localizada.


De acordo com relato da vítima à Polícia Civil, a abordagem dos criminosos ocorreu por volta das 17h45, enquanto ela se dirigia a uma empresa no Jardim Conceiçãozinha. No entanto, ao ser obrigado a parar no sinal vermelho, a dupla de assaltantes se aproximou e lhe dominou.


Colocado na área de descanso do caminhão, a vítima foi orientada a não olhar, em momento algum, para os rostos dos ladrões.  Sem saber para onde estava sendo levado, o caminhoneiro notou que os marginais pararam o veículo por duas vezes, mas, logo em seguida, retomaram a viagem.


Uma hora mais tarde, o caminhão foi novamente parado. Porém, nesta ocasião, os bandidos mandaram a vítima descer e a levaram para dentro de uma mata, nas proximidades da Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, em Cubatão.


Apenas um dos marginais permaneceu com a vítima no local. O outro voltou para o caminhão e fugiu.


Mais cinco horas


Já com a chegada da madrugada, por volta da meia-noite, o criminoso que mantinha o caminhoneiro como refém informou que o liberaria. Contudo, ele só poderia sair da mata 20 minutos depois. Para dar tempo ao assaltante concluir a fuga.


A determinação foi atendida e só às 2 horas a vítima relatou o ocorrido à polícia. Na delegacia Sede da Cidade em que fora abandonado, o caminhoneiro afirmou que, além da carga e do veículo, os bandidos levaram diversas peças de roupas, documentos, um telefone celular e R$300,00 em dinheiro.





Fonte: Jornal A Tribuna / G1








Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES