Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA PARTICIPA DO DESFILE DA INDEPENDÊNCIA

A Guarda Portuária voltou a participar após 35 anos de ausência. A última participação ocorreu em 1982 Ontem (07) a Guarda Portuár...

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

0

CÍRCULO DE DIÁLOGOS COM A GUARDA PORTUÁRIA


O chefe da Guarda Portuária, Rafael Paranhos, falou sobre o ISPS Code.

A atividade contou com a presença de diversos funcionários da SUPRG.
O tema do encontro foi “A Guarda Portuária e o Meio Ambiente".

Aconteceu em julho (14), mais uma atividade do Círculo de Diálogos, promovido pelo Programa de Educação Ambiental da Divisão de Meio Ambiente, Saúde e Segurança (ProEA), da Superintendência do Porto de Rio Grande (SUPRG).
A proposta é que os servidores se apoderem dessa ferramenta de diálogo e torne ela cotidiana dentro da instituição. Como tema do encontro foi “A Guarda Portuária e o Meio Ambiente”, o chefe da corporação, Rafael Antônio Paranhos de Castro realizou uma apresentação sobre as principais atividades de sua equipe e as atribuições contidas no Código Internacional para Segurança de Navios e Instalações Portuárias – ISPS Code, em inglês.
A comunicação interna adotada a partir dos Círculos promove o aprimoramento e eficiência do serviço público já que integra pessoas e setores da instituição.
Durante o encontro, Paranhos explicou sobre o funcionamento do Código Internacional para Segurança de Navios e Instalações Portuárias - ISPS Code, em inglês.

O novo regramento foi aprovado em 2002 na Conferência Diplomática sobre Segurança Marítima como um novo capítulo da Convenção SOLAS. O objetivo do ISPS é estabelecer uma cooperação internacional entre governos, organismos governamentais, administradores locais e setores naval e portuário para detectar ameaças à proteção dos navios ou das instalações portuárias utilizadas no comércio internacional.
Além disso, o chefe da Guarda Portuária ainda falou sobre a importância da atividade de sua equipe na proteção do Meio Ambiente e das pessoas que circulam pela área portuária. E nesse sentido, um dos aspectos fundamentais ressaltados por ele, diz respeito à integração que deve ser sempre consolidada através dos Círculos.
Paranhos acredita que a integração entre os distintos setores promove a circulação da informação na instituição com mais rapidez e efetividade, aprimora o serviço público, tornando, inclusive, o trabalho no seu setor melhor.

O professor José Vicente, coordenador do ProEA, fez questão de ressaltar esse caráter da integração. Para ele, a importância de articular os setores em busca de demandas comuns e de uma melhora qualitativa no ambiente de serviço, é fundamental e deve ser trabalhado ao longo dos próximos círculos também.
Como uma metodologia continuada, o Círculo de Diálogo seguirá ocorrendo ao longo do ano, completando o seu quarto ano de atividade.

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES