Postagem em destaque

FISCALIZAÇÃO CONSTATA IRREGULARIDADES EM PORTO DO PARÁ

Essas fiscalizações ocorreram em virtude de denúncia de trabalhadores portuários que, sem representatividade de fato, buscaram por mei...

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

1

GUARDA PORTUÁRIA VOLTA A MULTAR NO PORTO DE SANTOS




Guardas portuários são capacitados para fiscalizar o trânsito e aplicar multas, de acordo com o Código Brasileiro de Trânsito (CTB).
O ministro Hélder Barbalho, da Secretaria de Portos (SEP), abriu na manhã de ontem (17), o Fórum Operação Safra 2016. O evento apresentou as iniciativas para o escoamento da safra brasileira de grãos do campo para os portos.
O ministro destacou a importância do entrosamento que existe entre a Secretaria de Portos, a Codesp e as prefeituras municipais. “Precisamos sincronizar a movimentação ferroviária e rodoviária no porto com o dia-a-dia de cada município”, explicou o ministro.
Helder Barbalho participou da apresentação do plano, destacando a necessidade de sincronizar o tráfego e as operações (Foto: Jornal A Tribuna).
No evento, o diretor presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), José Alex Oliva, assinou a renovação do convênio com a Companhia de Engenharia de Trafego (CET), do município de Santos, instrumento que autoriza guardas portuários a atuarem na fiscalização do trânsito.
O convênio anterior, assinado em 2011, havia terminado em 11 de janeiro, desde então os guardas portuários estavam impedidos de aplicar multas e apenas disciplinavam o trânsito na área do porto.
Até hoje, 90 guardas foram treinados pelos agentes municipais. Eles são capacitados para fiscalizar o trânsito de veículos e pedestres e ainda aplicar multas em casos de irregularidades, de acordo com o Código Brasileiro de Trânsito (CTB).
“Essa permissão fortalece a relação porto-cidade, pois fiscalizar e disciplinar o trânsito de veículos nas vias do Porto é uma atividade fundamental da segurança”, explica Alex Oliva. Com este desse convênio, a CET-Santos delega à Codesp as competências atribuídas ao Município pela Lei Federal nº 9.503/97, que instituiu o CTB.
Polícia Federal
A Codesp firmou também acordo de cooperação com a Polícia Federal, através da Superintendência Regional do órgão, para o desenvolvimento de ações de interesse comum, voltadas para o policiamento marítimo e terrestre do Porto de Santos e de sua área de fundeio.
O acordo tem vigência de 5 anos e prevê patrulhamentos da Polícia Federal na área de fundeio, na baía de Santos,  no cais pelo lado de mar, com uso de embarcações,  e por terra em conjunto com a Guarda Portuária. 
Essas ações objetivam inibir ações ilícitas e preservar a segurança das tripulações das embarcações atracadas e ancoradas, bem como do patrimônio, conforme estabelece o Plano de Segurança Portuária do Porto de Santos.
Patrulhamento Marítimo
O patrulhamento marítimo deixou de ser realizado pela Guarda Portuária em 2012, depois que, segundo perícia realizada, as suas duas embarcações foram condenadas para navegarem.
Apesar de possuir  guardas portuários treinados e habilitados para a realização dessa faina, a categoria aguardas há anos, a aquisição de uma nova embarcação para poder voltar a atuar no lado de mar.  

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                                                                               
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros. 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.
                                                                                     

Um comentário:

  1. parabéns a codesp . é verdadeiro paradigma para as demais docas.

    GP Alexandre es

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES