Postagem em destaque

NOVO COMANDO NA GUARDA PORTUÁRIA DO RIO DE JANEIRO

Capitão reformado da Polícia Militar, Hugo, já comandou a Guarda Portuária em outra oportunidade No dia seis de setembro, o presid...

quarta-feira, 9 de março de 2016

0

GUARDA PORTUÁRIA É HOMENAGEADA NO DIA INTERNACIONAL DA MULHER




Dalva Mauriz de Sá faz parte da primeira turma de mulheres que passaram a atuar diretamente no cais.

Na Codesp, o Dia Internacional da Mulher foi comemorado com depoimentos de funcionárias que atuam em profissões predominantemente masculinas e com a palestra “Perfume de Mulher” ministrada pela psicóloga Márcia Atik, além da entrega de flores as suas colaboradoras. O evento, aberto pelo diretor presidente da empresa, Alex Oliva, no Centro de Treinamento da empresa, reuniu cerca de 200 mulheres.

No quadro de funcionários da Codesp, atualmente, são 189 mulheres, que representam quase 13% do total de colaboradores da empresa (1.530), atuando em instalações administrativas e na área operacional do Porto de Santos. Durante a solenidade, quatro dessas profissionais, que hoje atuam em atividades predominantemente masculinas, falaram sobre suas experiências na empresa e os desafios de atuar no maior porto do país.

Dalva Mauriz de Sá, da Guarda Portuária, foi uma delas. Na empresa desde janeiro de 2005, ela contou que o início foi difícil, principalmente, porque faz parte da primeira turma de mulheres que passaram a atuar diretamente no cais. “Foi uma conquista, pois tivemos que conviver com algumas resistências em função da maioria dos profissionais que atuam no porto serem homens. Tínhamos que lidar, também, com caminhoneiros de vários estados brasileiros, que não aceitavam orientação e determinação de uma mulher”, relembra. Dalva revelou que ela e outras companheiras de trabalho que passaram a atuar no Porto foram se superando a cada dia e quando esse número aumentou, foi ficando mais fácil, pois as resistências foram diminuindo. Dalva lembrou que desde o início teve que se impor para poder atuar com autoridade. “Foi um trabalho desafiador, principalmente por atuarmos em nome da lei”, afirmou. Hoje ela fala com entusiasmo e segurança sobre seu trabalho. “Tudo que vivenciei me proporcionou uma experiência profissional importante. Hoje me sinto muito mais segura no exercício de minhas funções”, afirmou.
Além de Dalva, falaram também a técnica portuária Fernanda Silva Rocha, a amarradora de navios Maria Denizete Bezerra do Carmo e a veterinária Marcela Cristina Mendes Ribeiro.
SEP cria Comitê
Para marcar a celebração do Dia Internacional da Mulher, a Secretaria de Portos (SEP) criou o Comitê de Gênero da SEP e das sete companhias docas: de São Paulo (Codesp), Bahia (Codeba), Ceará (CDC), Espírito Santo (Codesa), Pará (CDP), Rio de Janeiro (CDRJ) e Rio Grande do Norte (Codern). O objetivo é estudar e propor ações que visem à igualdade dos direitos das mulheres com os dos homens. A portaria que institui o Comitê foi publicada hoje no Diário Oficial da União. A iniciativa decorre do papel fundamental que a mulher desenvolve no âmbito civil, político, econômico, social e cultural, além da sua importante atuação nas diferentes áreas do setor portuário.

O comitê tem caráter consultivo e tem ainda a atribuição de promover a articulação entre os setores da SEP e das companhias docas em torno do objetivo proposto, tanto internamente no setor portuário, quanto nos diversos espaços institucionais que tratam das políticas para as mulheres. Composto por 16 integrantes e 16 suplentes da SEP e companhias docas, o grupo também proporá medidas de sensibilização e capacitação sobre o tema para funcionários e dirigentes da Secretaria e das companhias docas, bem como acompanhar e avaliar o que for executado, de acordo com o Plano Nacional de Políticas para as Mulheres (PNPM).

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                                                                               
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                                                 
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES