Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

0

CODESP EMITE NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE TERCEIRIZAÇÃO NA GUARDA PORTUÁRIA




Não existe a possibilidade da Codesp contratar bombeiros civis, terceirizando a função que hoje é da Brigada de Incêndio da Guarda Portuária


Ao Sindaport:
Prezados:
Em relação ao artigo “Codesp começa o ano com o pé esquerdo”, publicado no site do Sindaport em 09/01/2017, a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) esclarece que a informação de que a empresa tem a intenção de contratar bombeiros civis, conforme foi divulgado em matéria do jornal A Tribuna, em 06/01/2017, não corresponde à realidade.
Cabe salientar que a responsabilidade de atendimento de acidentes é do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo, com acionamento da Defesa Civil do Estado conforme avaliação daquela corporação. A Codesp, como Autoridade Portuária, é coordenadora do Plano de Ajuda Mútua do Porto de Santos (PAM), composto por todas as empresas da área portuária.  
O PAM do Porto de Santos vem tomando medidas preventivas, como a realização de exercícios simulados de combate a incêndios e acidentes, bem como as auditorias de verificação dos equipamentos de atendimento a emergências e treinamento das brigadas de incêndio.
A coordenação do PAM projeta outras iniciativas no intuito de aumentar a segurança do Porto de Santos. No entanto, neste momento não existe a possibilidade da Codesp contratar bombeiros civis, terceirizando a função que hoje é da Brigada de Incêndio da Guarda Portuária e das brigadas dos terminais portuários.
Ressaltamos que intenção da Codesp é, antes de qualquer atividade, sempre prestigiar a Guarda Portuária e sua brigada de incêndios. Assim é que a primeira iniciativa da Diretoria da Companhia Docas neste ano foi reunir os Guardas para uma conversa direta com o diretor presidente, o qual expôs a eles o propósito da Diretoria de promover mais treinamentos e melhorias para a corporação.
Solicitamos publicar este esclarecimento.
Atenciosamente,


* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES