Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA PRETENDE CRIAR CONSELHO DE ENTIDADES REPRESENTATIVAS

O CONGPORT deverá ser registrado em Brasília em até 60 dias. No dia 27 de junho foi realizado, na sede da Companhia Docas do Estado d...

LEGISLAÇÕES

quarta-feira, 3 de julho de 2019

0

JUSTIÇA NEGA LIBERDADE A PRESO EM OPERAÇÃO QUE APREENDEU 506 KG DE COCAÍNA EM SANTARÉM


Rodrigo Nascimento dos Santos foi preso no início de maio em operação da PF e Guarda Portuária. Droga era transportada em uma embarcação.
A Justiça negou o pedido de liberdade de um dos presos na operação da Polícia Federal e Guarda Portuária que resultou na apreensão de 506 kg de cocaína refinada, em Santarém, no oeste do Pará. A decisão foi tomada durante a Seção de Direito Penal do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA) no dia 24 de junho.
Rodrigo Nascimento dos Santos foi preso no dia 4 de maio deste ano por suposta prática de crime de tráfico de entorpecentes. A defesa de Rodrigo alegou a falta de fundamentação idônea para a decretação da prisão.
O relator da ação pena, desembargador Milton Nobre, destacou que a medida preventiva está devidamente fundamentada na garantia da ordem pública e na conveniência da instrução penal. A defesa alegou ainda a ocorrência de constrangimento ilegal por excesso de prazo para a apresentação da denúncia, ressaltando o relator que não há qualquer constrangimento no processo.
Conforme o processo, que tramita na 1ª Vara Criminal da Comarca de Santarém, Rodrigo seria integrante de uma organização criminosa que pratica o tráfico de drogas em larga escala. A carga de 506 kg de cocaína que estava sendo transportada na embarcação BM Boto Tucuxi, que estaria fazendo o trajeto Manaus-Belém pela Rota do Solimões, foi apreendida pela Polícia. Outras pessoas também foram presas na operação.
As investigações constataram que a quadrilha era especializada em fazer transporte de drogas. Eles possuíam um complexo esquema de logística que envolvia aviões, vários veículos e embarcações, e ainda são suspeitos de envolvimento em outros crimes do mesmo tipo.


Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                             

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.