Postagem em destaque

FIQUE EM CASA!

A Guarda Portuária está trabalhando nos portos brasileiros para garantir a seguranças nas nossas fronteiras marítimas. ...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 15 de maio de 2020

0

POLÍCIA MATA SUSPEITO DE INTEGRAR QUADRILHA DE TRÁFICO INTERNACIONAL DE DROGAS



Ele era da mesma quadrilha que efetuou disparos de fuzil na direção de guardas portuários.
Na tarde da última segunda-feira (11), por volta das 15 horas, policiais militares alvejaram um homem na Vila Áurea, em Vicente de Carvalho, Distrito de Guarujá, no litoral de São Paulo.
O confronto ocorreu durante o patrulhamento da equipe do 2º BAEP. Os policiais suspeitaram de um veículo ocupado por dois homens e determinaram a parada do carro que, ao perceber a abordagem, disparou em uma fuga em alta velocidade pelas ruas do bairro e só parou após a polícia estourar um dos pneus na altura do cruzamento das ruas Luciano de Castro e Eduardo Gomes, forçando os homens a desembarcarem do veículo e seguirem com a fuga a pé, até alcançarem a Rodovia Cônego Domênico Rangoni em direção ao manguezal, quando começaram a atirar em direção aos policiais, quando um deles foi alvejado por dois disparos. O segundo suspeito conseguiu fugir.
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e encaminhou o homem para o Pronto Socorro de Vicente de Carvalho, onde não resistiu aos ferimentos e morreu.

No veículo Renault Duster abandonado, os policiais encontraram 22 kg de cocaína no pneu de estepe, localizado no porta-malas.
O criminoso foi identificado como Jean Henrique Baraçal Silva, de 29 anos. Uma pistola de calibre 380 foi apreendida com Jean e outra foi encontrada no porta-luvas do veículo. A ocorrência foi registrada no 1º DP de Guarujá.

Suspeito de Tráfico
Jean era integrante da mesma quadrilha de Anderson dos Santos Nunes, que foi identificado como o motorista de caminhão que participou de uma tentativa de esconder cocaína em um contêiner armazenado no terminal da empresa Santos Brasil, localizado na Margem Esquerda do Porto de Santos, em Guarujá. Na fuga, ele ou uma pessoa que o acompanhava na cabine do veículo efetuou disparos de fuzil na direção dos guardas portuários.
Anderson e um comparsa, até então não identificado, foram localizados por guardas portuários em área restrita da instalação. A suspeita é de que eles colocariam grande quantidade de cocaína em uma carga com destino à Europa. Ao notarem o monitoramento, fugiram em alta velocidade e estouraram o portão do terminal.
Em 2018, Jean foi preso com mais três homens após confronto a tiros com a PM na região central de Guarujá. O grupo era acusado de envolvimento com o tráfico internacional.
Ele foi flagrado fazendo parte de uma quadrilha que utilizavam fuzis em uma escolta de um integrante de uma facção criminosa que atua dentro e fora dos presídios do estado. Nesta época, ele já tinha passagem criminal por roubo, furto e tráfico de drogas.
Naquela ocasião os policiais militares suspeitaram do condutor de um veículo com vidros escuros e fizeram a abordagem. O motorista desembarcou já com um fuzil na mão, houve troca de tiros e ele acabou ferido. Outros dois carros também foram revistados.
Foram presos o barbeiro Jean Henrique Baraçal Silva, de 27 anos, o autônomo Thiago da Silva Rocha, de 29, o também autônomo Vinicyus Soares da Costa, de 28, e o eletricista Anderson dos Santos Nunes, de 38. Segundo a polícia, todos com passagem criminal, por roubo, furto e ainda tráfico de drogas.
Aos policiais militares, Vinicyus, contra quem já havia uma ordem de prisão por furto de caixa eletrônico, afirmou que era integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC), facção criminosa de São Paulo.

Todos, segundo a polícia, declaradamente vivem no Distrito de Vicente de Carvalho. Com eles, além de dois fuzis, foi encontrada uma pistola, carregadores de diversos calibres, munição, celulares e joias. Com o integrante da facção, também estavam mais de R$ 8 mil em dinheiro.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      
                                                                                       
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.