Postagem em destaque

FIQUE EM CASA!

A Guarda Portuária está trabalhando nos portos brasileiros para garantir a seguranças nas nossas fronteiras marítimas. ...

LEGISLAÇÕES

quinta-feira, 18 de junho de 2020

0

RECEITA APREENDE 674,5 KG DE COCAÍNA NO PORTO DE SALVADOR



A droga foi encontrada numa carga de coquinhos secos, tendo como destino o Porto de Roterdã, na Holanda 
Na tarde da última segunda-feira (15), a Receita Federal apreendeu 674,5 kg de cocaína no Porto de Salvador. 

A droga, avaliada em R$ 118 milhões, foi encontrada numa carga de coquinhos secos, semelhantes a licuris, que seria embarcada no dia seguinte num navio para a Europa, tendo o Porto de Roterdã, na Holanda,  e o Egito como destino final. 
A apreensão é fruto do trabalho ininterrupto da aduana, com uso intensivo de tecnologia e de técnicas de análise e gerenciamento de risco. Essa já é a sexta apreensão de cocaína pela Receita Federal em 2020 no Porto de Salvador.

Como nas apreensões anteriores, há a suspeita de que foi usada a técnica criminosa denominada “rip-off modality”, termo que consta do glossário do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (UNODC) e define as apreensões em que a droga é inserida em uma carga lícita sem o conhecimento dos exportadores e importadores.











A droga foi encaminhada para a PF que dará prosseguimento à investigação.
Sexta apreensão
Segundo a Receita, essa foi a sexta apreensão no porto de Salvador só neste ano. A última apreensão ocorreu no dia 11 de maio, quando 550 kg de cocaína foi apreendida.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.