Postagem em destaque

CDRJ É CONDENADA A PAGAR DANOS MORAIS POR NÃO RENOVAR O PORTE DE ARMAS DE UM GUARDA PORTUÁRIO

  O magistrado assinalou que, ao proceder assim, a CDRJ expôs a vida e a integridade física do trabalhador a risco A Companhia Docas do Ri...

LEGISLAÇÕES

quarta-feira, 2 de março de 2022

0

REPRESENTANTES DA ABIN VISITAM O PORTO DE ITAJAÍ

 

O Chefe da Guarda Portuária (GPort), Sandro de Ramos, apresentou diversas áreas do porto

O Superintendente do Porto de Itajaí, Fábio da Veiga, acompanhado pelo Diretor Geral de Engenharia, Jucelino dos Santos Sora e pelo Assessor Jurídico, Ronaldo Camargo de Souza, receberam, no dia 14 de fevereiro, na sede da Autoridade Portuária, a visita de Juliana Nicola Kilian, Superintendente do Escritório da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), de Santa Catarina e Luciana Ehrhardt Campos, Chefe da Divisão de Produção, para uma visita institucional ao Porto de Itajaí.

Com sede em Brasília, a ABIN foi consolidada pela lei 9.883, de 7 de dezembro de 1999, constituída como um órgão de estado permanente, com atuação nacional e representantes no exterior. Vinculado ao Gabinete de Segurança Institucional (GSI), a Agência tornou-se responsável por fornecer ao presidente da República e a seus ministros, informações, relatórios e análises estratégicas, necessárias ao processo de decisão.

Para o Superintendente do Porto de Itajaí, Fábio da Veiga, a visita institucional das representantes ao Porto de Itajaí, tornou-se uma oportunidade para enfatizar a transparência e capacidade de um novo modelo de gestão, intitulada como Autoridade Portuária Pública Municipal:

“Estamos felizes com a visita institucional organizada pela Agência Brasileira de Inteligência, e consideramos importante manter esse vínculo, sobretudo, para que possamos comprovar a qualidade da segurança portuária no Porto de Itajaí. O bom relacionamento com os órgãos intervenientes, que atuam junto as funções fiscalizadoras, de segurança e alfândega como ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Receita Federal do Brasil (RFB), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Polícia Federal (PF), Delegacia da Capitania dos Portos de Itajaí, entre outros, permanecem em vigor. A capacidade e eficiência do Porto de Itajaí, reflete na movimentação portuária, e continuaremos a fazer, tudo que está em nosso alcance, para que os nossos índices de desempenho continuem como um modelo exemplar”, pontua Fábio.

A ABIN tem como função, garantir que o Executivo Federal tenha acesso a conhecimentos referentes à segurança do Estado e da sociedade, como os que envolvem defesa externa, relações exteriores, desenvolvimento socioeconômico, segurança interna e desenvolvimento científico-tecnológico. Para cumprir essa responsabilidade institucional, os profissionais de inteligência estabelecem conhecimentos estratégicos através da análise de fatos, eventos ou até mesmo, situações que permitam a identificação de oportunidades e ameaças relacionadas à proteção das fronteiras nacionais, segurança de infraestruturas críticas, segurança das informações e das comunicações, defesa do meio ambiente entre outros assuntos.

“Essa visita foi essencial para podermos compreender, o quanto o Porto de Itajaí é referência no Brasil em termos de segurança e estrutura, e poder aplicar essa macro estrutura para outros portos que não estão nesse nível de operatividade. A ABIN assessora o presidente da república em todos os níveis decisórios, hoje nós mantemos um panorama de como está à segurança nos portos do país, e informamos o ministro e a presidência da República. É uma honra ter a possibilidade de conhecer melhor a estrutura do Porto de Itajaí, estamos à disposição para melhorar essa interlocução com os órgãos federais, com a Presidência da República e estamos à disposição para o que for preciso”, informa Juliana Nicola Kilian, Superintendente do escritório da ABIN, na Capital de Santa Catarina.

Na oportunidade, o Chefe da Guarda Portuária (GPort) e Coordenador-Geral de Sistema de Segurança Portuária (SSP), Sandro de Ramos, apresentou diversas áreas do porto, e garantiu a importância de permanecer com a segurança portuária em caráter de excelência:

“Nós mostramos a forma regulatória para acessar a área portuária, desde o cadastro, ao local de acesso dos caminhões, e conferência de entrada e saída dos caminhões, assim como todo o setor da empresa que realiza operações, a arrendatária APM Terminals. Comprovamos neste período de visitação, que não há transição de pedestres em locais proibidos, e ressaltamos a necessidade destes caminhos seguros, onde a passagem é permitida na área portuária. Ocorreu a verificação do funcionamento de locomoção dentro da área portuária, onde é realizada através de transporte veicular. Informamos a utilização do detector de metais, assim como o motivo da exigência, cujo principal objetivo é garantir e manter a segurança de todos que transitam na área portuária. Ficamos felizes com esta visita, o setor de monitoramento, assim como a limpeza e organização também receberam elogios devido à qualidade de imagem e quantidade de câmeras, onde somente na área pública, temos 251 unidades instaladas, e na área arrendada 227, totalizando 478 câmeras. Essa relação é bastante importante, pois tudo que engloba a segurança torna-se imprescindível”, enfatiza Sandro.



A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.