Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA EM GREVE NO PARÁ

  Em nota oficial, sindicato denuncia casos graves de intimidação Os Guardas Portuários do estado do Pará, vinculados a Companhia Docas do...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 5 de agosto de 2022

0

PF DEFLAGRA A SEGUNDA FASE DA OPERAÇÃO FORMICIDA CONTRA O TRÁFICO INTERNACIONAL DE DROGAS

 

Operação foi realizada nas cidades de Santos e Guarujá, no litoral de São Paulo

A Polícia Federal (PF) deflagrou na terça-feira (02), a segunda fase da Operação Formicida nas cidades de Santos e Guarujá, no litoral de São Paulo.

A ação contou com o apoio da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMSP) para o cumprimento de cinco mandados de prisão e cinco de busca e apreensão.

As investigações tiveram a finalidade de desarticular uma associação criminosa voltada para os crimes de tráfico internacional de drogas e associação ao tráfico, cujas penas vão de 8 a 25 anos de prisão, além de multa.

1ª Fase

Em 07 de abril deste ano, a PF realizou a primeira fase da Operação Formicida. Na época, os policiais foram as ruas para cumprir dois mandados de prisão e três de busca e apreensão. As investigações tiream início em 20 de agosto de 2021, quando foram apreendidos 328,95 kg de cocaína. "As drogas foram encontradas no porão do navio e no casco do navio", disse a delegada, na ocasião. A droga seria encaminhada por um navio para a África.

SAIBA MAIS: OPERAÇÃO CONJUNTA DA RECEITA FEDERAL, MARINHA DO BRASIL, POLÍCIA FEDERAL E GUARDA PORTUÁRIA RESULTA NA APREENSÃO DE 329 KG DE COCAÍNA NO PORTO DE SANTOS

Esquema

Segundo a PF, funcionários que trabalham no Porto de Santos eram responsáveis por inserir bolsas com drogas em porões e outros compartimentos de navios que partem para o exterior do país.

Um inspetor de qualidade e uma pessoa relacionada a uma agência marítima são suspeitos de estarem envolvidos no esquema.

O nome da operação

– Formicida – faz alusão à carga de açúcar na qual foi encontrada a droga. Somente em 2022, foram apreendidas mais de 9 toneladas de drogas na Baixada Santista, a maioria em terminais do Porto de Santos, de onde seriam exportadas para Europa e África.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.