Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

domingo, 7 de abril de 2024

0

POLÍCIA FAZ APREENSÃO DE MAIS DE 1,2 TONELADA DE COCAÍNA NO GUARUJÁ


Segundo as investigações do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), a droga sairia do Porto de Santos com a Europa ou ainda a Ásia

A Polícia Civil de São Paulo (PCESP) apreendeu na quarta-feira (27/03), em uma casa do Jardim Progresso, no Guarujá, litoral de São Paulo, mais de 1,2 tonelada de cocaína. O entorpecente estava embalado e separado em 1.254 tabletes.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a residência se encontrava em uma região estratégica para viabilizar o transporte do entorpecente, por meio de canais, até o Porto de Santos. Além de drogas, a ‘casa bomba’ servia como depósito de armas de fogo, que seriam distribuídas ao crime organizado na região.

Segundo as investigações do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), a droga teria como destino a Europa ou ainda a Ásia. Nestes continentes, cada quilo da droga pode custar de US$ 80 a US$ 90 mil.

Está foi uma das maiores apreensões de cocaína dos últimos anos no litoral de São Paulo. De acordo com os investigadores, o crime organizado sofreu um prejuízo de mais de meio bilhão de reais.

- Trata-se do maior prejuízo ao crime organizado em anos. Essa é a prova do que estamos enfrentando no litoral de São Paulo: criminosos que, ao longo de décadas, estruturaram uma cadeia ilícita por meio do tráfico internacional de drogas e que, desta vez, estão sendo desarticulados por uma brilhante operação de inteligência policial - afirmou o secretário da Segurança Pública, Guilherme Derrite.

'Braço' do crime

Os policiais da 1ª Delegacia de Polícia de Investigações sobre Roubos e Latrocínios apuravam há mais de um mês o envolvimento de um "braço" do crime organizado que estaria atuando no controle do tráfico de drogas da Baixada Santista, a partir da cidade do Guarujá. O bando, de acordo com as investigações, é responsável por confrontos na região de forma a “inibir a ação das forças policiais” na região, aponta o Deic.

A partir das informações do setor de inteligência da Polícia Civil, os investigadores foram informados sobre um imóvel no distrito Vicente de Carvalho, em Guarujá, que estava sendo utilizado para guardar armas de fogo, que seriam distribuídas a diversas células do crime organizado na região, além de drogas.

No endereço, os investigadores foram recebidos pela moradora, de 25 anos, que forneceu respostas evasivas. Diante das suspeitas, ela informou que homens desconhecidos haviam guardado diversos sacos na parte inferior da casa em um dos cômodos, que era cercado por tapumes. Nas buscas, os policiais encontraram os tabletes de cocaína embalados e separados em sacos de ráfia.

A mulher disse aos policiais que o material seria do companheiro, de 31 anos. Na casa, ainda foram encontrados dois simulacros de arma de fogo, um celular e a certidão de um homem que mora no local, mas que não estava no momento do flagrante.

A suspeita foi encaminhada para a delegacia, onde foi autuada por tráfico de drogas e associação ao tráfico. A polícia ainda segue nas investigações para localizar o companheiro dela e apurar outros envolvidos na organização criminosa.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.   

* Texto: O texto deste artigo relata acontecimentos, baseado em fatos obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis e dados observados ou verificados diretamente junto a colaboradores.

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e adicionado o link do artigo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.