Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

OPERAÇÃO CONJUNTA DA GUARDA PORTUÁRIA E POLÍCIA CIVIL PRENDE HOMEM APONTADO COMO INTEGRANTE DO COMANDO VERMELHO

  Ele tinha um mandado de prisão preventiva pelo crime de associação para o tráfico de drogas Na noite da sexta-feira (26/01), a Guarda Po...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 2 de setembro de 2022

0

PF APREENDE 221 KG DE COCAÍNA EM CASCO DE NAVIO NO ESPÍRITO SANTO

 

A droga foi inserida no Porto de Santos, com destino ao exterior, sem atracar em outro porto do país

A Polícia Federal (PF) realizou, no começo da tarde da última segunda-feira (29), a apreensão de aproximadamente 221 kg de cocaína que estavam escondidos sob o casco do navio Halophyla, atracado no porto privado Portocel, em Aracruz, no Norte do Espírito Santo.

Segundo o superintendente regional da PF no Espírito Santo, Eugênio Ricas, a droga foi colocada inderida no Porto de Santos, em São Paulo, e trazida até o Espírito Santo, de onde seguiria com destino ao exterior, sem atracar em outro porto do país.

Mergulhadores da Polícia Federal conseguiram retirar 09 (nove) fardos com a droga. Inicialmente, a PF havia informado que haviam sido apreendidos 450 kg de cocaína, segundo a corporação, partindo da percepção de que os nove pacotes encontrados teriam o mesmo peso de apreensão semelhante ocorrida anteriormente,

“Entretanto, o peso divulgado não se verificou após a pesagem oficial. Retiradas todas as embalagens e vários pesos utilizados para a colocação da droga, verificamos tratar-se de 221 kg de cocaína”, informou Eugênio.

5ª apreensão

Essa é foi a quinta apreensão desta natureza realizada pela PF somente neste ano. Toda a droga encontrada e apreendida foi levada para pesagem oficial e confecção dos laudos periciais necessários. A Polícia Federal seguirá investigando para identificar todos os envolvidos nesse episódio.


Nota do Terminal

A Portocel segue colaborando com a Polícia Federal nas investigações sobre operações do tráfico internacional que utilizam navios para transportar substâncias ilícitas. O Terminal está oferecendo o suporte necessário para as equipes envolvidas nas inspeções e buscas.

O navio inspecionado vinha sendo monitorado pela Polícia Federal, que decidiu fazer a abordagem após a atracação da embarcação em nosso Terminal, mesmo não tendo havido identificação de movimentação suspeita na área de Portocel.

Reiteramos que nosso Terminal opera com base em normas internacionais de segurança portuária e seguimos à disposição dos órgãos fiscalizadores




A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.