Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

segunda-feira, 5 de junho de 2023

0

LANCHA TÁTICA REFORÇA SEGURANÇA PORTUÁRIA NO PORTO DE ITAQUI

 

A embarcação para uso da Polícia Militar auxiliará no combate ao contrabando de mercadorias, armas de fogo e entorpecentes

O Governo do Maranhão, por meio da Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP), anunciou investimento na segurança portuária com a aquisição de uma nova lancha tática, DSG 680.

A EMAP irá disponibilizar a embarcação para uso da Polícia Militar do Maranhão (PMMA) no auxílio das atividades de policiamento fluvial/marítimo, com o objetivo maior de combater e enfrentar o contrabando de mercadorias, armas de fogo, entorpecentes, dentre outros ilícitos penais, nos portos e terminais portuários do litoral do Maranhão.

Conforme a gestão estadual, a embarcação vem interconectar diferentes órgãos que integram também o Porto do Itaqui, trazendo mais segurança para as fiscalizações na área do fundeio, alfandega etc., além de levar mais segurança para os investidores e toda classe empresarial que atua no setor cargueiro.

O equipamento será utilizado pelo Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) da Polícia Militar do Maranhão, podendo atender demandas auxiliares da Polícia Federal (PF), Receita Federal do Brasil (RFB), dentre outras.

Sobre a Lacha DGS 680

A lancha DGS 680 têm grande versatilidade, tendo sido testada e aprovada em ambientes extremos e remotos, como a Antártica e a Ilha de Trindade. A DGS 680 é econômica e extremamente resistente, ideal para realizar as missões do dia a dia da organização militar, sejam elas de proteção naval, patrulha ou transporte. Os barcos podem ser personalizados para atender as necessidades de qualquer operação.

Os barcos DGS 680 têm grande capacidade de amortecimento a impacto, não propagam chamas, são recicláveis, possuem grande reserva de flutuabilidade, baixo custo de manutenção, não sofrem resistência e têm baixa percepção em radares. Barcos como o DGS 680 podem ser munidos com piso antiderrapante, padrão militar ou revestimentos compatíveis com qualquer atividade pretendida, dentre outras configurações.

Fonte: Jornal Pequeno


Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.