Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 29 de setembro de 2023

0

APONTADO COMO LÍDER DO PCC NO TRÁFICO INTERNACIONAL É PRESO NA BAIXADA SANTISTA

 

Ele foi preso em São Vicente, cidade é vizinha do Porto de Santos, utilizado pelo PCC para o envio de cocaína para a Europa

Integrantes das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), grupamento especializado da Polícia Militar (PM), prendeu na quinta-feira (21/09), em São Vicente, na Baixada Santista, no litoral de São Paulo. A cidade é vizinha do Porto de Santos, utilizado pelo PCC para o envio de cocaína para a Europa.

Diego Machado de Sá, o Nariga, 33 anos, é apontado pela polícia de ser um dos líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC) no tráfico internacional de cocaína.

Investigações indicam que ele é um dos homens de confiança do narcotraficante André Oliveira Macedo, o André do Rap. Acusado de ser o responsável pelo envio de cocaína em navios para o exterior.

A Prisão

De acordo com a PM, eles receberam a informação de que Nariga estaria morando na Avenida Embaixador Pedro de Toledo, no bairro do Gonzaguinha, que fica à beira-mar.

Documento falso apresentado no momento da prisão

Segundo o boletim de ocorrência, o traficante estava com documento falso e teria autorizado a entrada da PM no apartamento. No local, os agentes afirmam que encontraram R$ 35.552,00. Também foram apreendidos cinco celulares, sendo quatro iPhones, e dois cadernos de anotações do tráfico de drogas.

Dinheiro apreendido em seu poder

A polícia diz que Nariga teria confessado que “o dinheiro era proveniente do tráfico de drogas internacional”. A captura do foragido da Justiça foi registrada na Delegacia de Polícia de São Vicente.

Foragido

Nariga estava foragido. Ele ficou dois anos presos, mas recebeu alvará de soltura após ser absolvido em primeira instância. Houve apelação do Ministério Público de São Paulo (MPSP), e a sentença foi revertida em junho 2020 pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP).  

Ele foi condenado a mais de nove anos de prisão por tráfico de drogas, corrupção de menor e porte ilegal de arma de fogo.

Nariga foi preso em flagrante em Santos, também no litoral em 2018. Na ocasião, ele, três comparsas e uma criança de 13 anos foram pegos na “Loja 40”, um ponto de venda de drogas da cidade.

No estabelecimento, os policiais encontraram 1,9 kg de maconha e 2 kg de cocaína. O traficante também tinha um revólver calibre 32, com munição.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e adicionado o link do artigo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.