Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 10 de novembro de 2023

0

PF E RFB APREENDEM DROGA EM VARREDURA EM NAVIO NO PORTO DE VITÓRIA

 

Ao todo 1.594 kg de cocaína foram encontrados e apreendidos

A Polícia Federal (PF) e a Receita Federal do Brasil (RFB), em operação conjunta no último domingo (05), realizaram uma ação de varredura no navio Grande Amburgo, de bandeira italiana, atracado no Porto de Vitória, no Espírito Santo. A droga estava dividida em fardos prontos, que seriam arremessados ao mar.

O objetivo da inspeção foi confirmar informações de que a embarcação seria usada para transportar drogas e entorpecentes que partiriam do Brasil para a Europa.

Participaram da operação mais de 50 agentes dos dois órgãos, com o apoio de 14 cães farejadores dos grupamentos K9 das duas instituições, além de duas embarcações da PF e da RFB que patrulham o porto.

A ação foi fruto de um monitoramento da embarcação realizado pela PF em cooperação policial com outros países, que culminou com apreensões anteriores nos portos de Santos, Tenerife e Hamburgo.

Durante a inspeção as autoridades localizaram dentro do navio 52 fardos de cocaína escondidos em dois pontos diferentes do navio, acondicionados de forma a serem arremessados ao mar assim que o navio se aproximasse do porto de destino, que ainda não foi identificado pelos investigadores.

 A PF também ainda não sabe em que momento a droga foi levada a bordo, mas suspeita de que ela foi içada, com a ajuda de pessoal de dentro do navio. “O modelo dos pacotes de droga indica que eles foram içados de fora para dentro do navio. A suspeita, portanto, é que houve sim participação de algum tripulante para colocar e esconder esta droga”, afirmou o superintendente da PF no Espírito Santo, Eugenio Ricas.

Ao todo 1.594 kg de cocaína foram encontrados e apreendidos.

Varredura

Equipes de cães farejadores fizeram uma varredura dos 13 andares da embarcação, e drones subaquáticos examinaram as caixas-mar (sea Chest) localizadas no casco do navio.

Perícia

Dentre as diligências realizadas foram colhidas amostras de material genético nos locais onde os fardos estavam acondicionados para futura comparação com material dos suspeitos.

Também foram recolhidas amostras das impressões digitais dos tripulantes para confronto com impressões digitais reveladas nas embalagens dos fardos apreendidos.

Os tripulantes prestaram depoimento e a droga apreendida foi encaminhada sob forte esquema de segurança para pesagem e apreensão na Superintendência da Polícia Federal no Espírito Santo.

“Nossas investigações vão buscar apontar quem contribuiu para que aquela droga fosse colocada no navio; para quem ela seria entregue na Europa, enfim, para conseguirmos identificar toda a organização criminosa por trás deste absurdo tráfico de entorpecentes”, assegurou Eugenio Ricas.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e adicionado o link do artigo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.