Postagem em destaque

CONPORTOS ANUNCIA A DATA DA 17ª EDIÇÃO DO CURSO ESPECIAL DE SUPERVISOR DE SEGURANÇA PÚBLICA PORTUÁRIA – CESSP

O período de inscrição será de 17 de julho a 21 de agosto de 2017 Na última quarta-feira (12) a Comissão Nacional de Segurança Públi...

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

0

GUARDA PORTUÁRIA APREENDE MOTO COM PLACA TROCADA



Na madrugada do dia 27 de agosto, a Guarda Portuária do Porto de Santos, litoral de São Paulo, efetuou a apreensão de uma moto, cuja placa pesquisada era de outra motocicleta.
Durante fiscalização rotineira, efetuada em pontos pré-determinados, todos os dias, a qual tem a finalidade de realizar uma saturação nestes locais, os guardas portuários Murilo e Dannyel, integrantes da equipe da Ronda de Apoio com Motos (Rocam), ao pesquisarem a placa de várias motos que estavam estacionadas junto ao ponto de atracação da embarcação que faz a travessia entre Santos e Vicente de Carvalho, Distrito de Guarujá, se depararam com uma moto a qual a placa não correspondia ao modelo informado.

Em pesquisa no aplicativo Sinesp Cidadão a placa da moto averiguada, uma XLR 125, de cor azul, placa CTT 3500, de Ribeirão Preto, constava como sendo uma moto BMW, de cor preta, de Valinhos-SP. Ao perceber a presença dos guardas no local, o vigilante Sergio Santos Almeida se apresentou como proprietário do veículo, no entanto não apresentou nenhum documento que comprovasse a sua posse.

Indagado sobre a placa da moto, Sergio alegou que a placa verdadeira da moto caiu e por isso colocou outra placa que ele tinha achado.
Diante dos fatos, o indivíduo e a moto foram encaminhados para o 1º Distrito Policial de Santos, onde foram apresentados ao delegado Otávio Augusto C. R. de Carvalho, que determinou a elaboração do Boletim de Ocorrência (BO) por adulteração de sinal identificador de veículo automotor (art.311).

No Distrito, ao ser pesquisado o chassi da moto, foi apurado que a placa verdadeira da moto é DCS 8128, de Santos-SP, estando em nome de Ingrid Beck Alves Moraes, no entanto, na pesquisa da placa verdadeira e da placa que foi afixada, não constava nenhuma queixa.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES