Postagem em destaque

TRAFICANTES ATIRAM CONTRA GUARDAS AO TENTAREM DESPACHAR 400 KG DE COCAÍNA NO PORTO DE SANTOS

Ao fugir, caminhoneiro destruiu cancela de segurança, bateu em árvore, mas foi detido em flagrante com parte da droga Aproximadamen...

LEGISLAÇÕES

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

0

FEDERAÇÃO COBRA CUMPRIMENTO DA PORTARIA 350-SEP




A APPA e a CDRJ serão notificadas do descumprimento da Portaria 350, no que se refere a livre nomeação de cargos abaixo do Gestor da Guarda Portuária

Na última terça-feira (18), Jorcy de Oliveira Filho, representante da Guarda Portuária na Federação Nacional dos Portuários (FNP) esteve em Brasília, onde teve uma audiência com o Secretario de Políticas Portuárias do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Luiz Fernando Garcia da Silva.
Na audiência, Jorcy cobrou por parte daquele ministério, inclusive com ofício protocolado, o integral e fiel cumprimento da Portaria nº 350, da Secretaria Especial de Portos (SEP).
No documento, a FNP requer que o ministério oficie as Companhias Docas e as demais Administrações/Autoridades Portuárias, da necessidade do fiel cumprimento da integralidade da Portaria 350/2014 - SEP, haja vista que no dia 1º de outubro se findou o prazo de 24 meses estipulado para que as administrações dos portos efetuassem a completa implementação do disposto na referida Portaria.
A FNP notificou o Ministério que, um dos grandes problemas encontrados junto às Administrações Portuárias é quanto a edição dos Regimentos Internos em desacordo com o que é estipulado na Portaria a qual diz que, eventuais cargos de supervisão ou chefias de equipes, do quadro próprio, que tenham como função específica a tomadas de decisões voltadas à segurança e proteção de instalações portuárias e que estejam hierarquicamente subordinadas ao gestor deverão ser preenchidos por integrantes da Guarda Portuária, determinação que não está sendo cumprida pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA) e pela Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ).

Segundo o secretário, os 38 portos públicos serão notificados, além disso, a APPA e a CDRJ também serão notificadas do descumprimento da Portaria 350, no que se refere a livre nomeação de cargos abaixo do Gestor da Guarda Portuária ou Unidade de Segurança, como ela é classificada na Portaria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário