Postagem em destaque

FIQUE EM CASA!

A Guarda Portuária está trabalhando nos portos brasileiros para garantir a seguranças nas nossas fronteiras marítimas. ...

LEGISLAÇÕES

sábado, 18 de abril de 2020

0

NAVIO GRANELEIRO ATRACADO NO PORTO DE SANTOS TEM CASO CONFIRMADO DE CORONAVÍRUS



Navio ainda não tinha iniciado sua operação. A inspeção foi realizada pela Anvisa após o relato de que um tripulante apresentava tosse persistente.
O navio NM Saldanha registrou um caso de Covid-19 em um de seus tripulantes. Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a embarcação, que está no Porto de Santos, litoral paulista, foi colocada em quarentena de 14 dias a partir desta sexta-feira (17).
O NM Saldanha tem 20 tripulantes a bordo e todos foram testados durante uma inspeção da Anvisa. A inspeção foi realizada após o relato de que um tripulante apresentava tosse persistente.
Com isso, foram aplicados testes rápidos em todos os 20 tripulantes do navio. O tripulante com sintomas teve resultado negativo, mas utro tripulante deu positivo para Covid-19. Isso motivou a declaração de quarentena pela equipe de fiscalização da Anvisa.
Conforme explica a Agência, o tripulante que testou positivo está em bom estado de saúde e por isso não será desembarcado neste momento, porém deverá ser mantido isolado em sua cabine dentro do navio.
O navio, atracado no Armazém 31, será encaminhado para a área de fundeio, na barra do Porto de Santos.
O navio graneleiro chegou ao Porto de Santos nesta sexta-feira para o embarque de 63 mil toneladas de soja a granel. Segundo a agência reguladora, a embarcação ainda não tinha começado a sua operação e atracou justamente para que a Anvisa fizesse a inspeção com base no relato de sintomas a bordo.
Coronavírus no Porto de Santos
Esse é o segundo navio no Porto de Santos a ter casos confirmados do novo coronavírus. O navio de cruzeiros Costa Fascinosa está em quarentena desde o dia 19 de março na cidade. A embarcação já tem 30 casos confirmados do novo coronavírus, contando os tripulantes já desembarcados e os que permanecem no navio.
O médico de 70 anos que foi desembarcado do navio Costa Fascinosa após ser encontrado desmaiado dentro de uma cabine morreu na quinta-feira (16). Ele estava internado há 12 dias com a doença.



Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      
                                                                                       
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.