Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 21 de outubro de 2022

0

PF FAZ OPERAÇÃO CONTRA CRIME ORGANIZADO E TRÁFICO INTERNACIONAL DE DROGAS NO PORTO DE SANTOS

 

Operação teve a finalidade de desmantelar uma organização criminosa que atua no processo de exportação de cargas lícitas pelo Porto de Santos

Na manhã da última terça-feira (18/10), a Polícia Federal (PF) deflagrou a Operação Gênesis, voltada à repressão do crime organizado e do tráfico internacional de drogas.

A ação aconteceu, simultaneamente, nos municípios de Santos, São Vicente, Praia Grande e Cubatão, cidades da Baixada Santista, e teve a finalidade de desmantelar uma organização criminosa, que atua no processo de exportação de cargas lícitas pelo Porto de Santos.

Cerca de 100 policiais cumpriram 20 mandados expedidos pela 5ª Vara Federal Criminal de Santos/SP, dos quais três mandados de prisão preventiva e dezessete mandados de busca e apreensão. Uma pessoa não foi encontrada e é considerada foragida.

Foi determinado, ainda, o sequestro/arresto de todos os bens imóveis e de veículos, bem como de todos os valores depositados em contas bancárias e aplicações financeiras em nome de sete investigados.

Segundo o chefe da Delegacia de Repressão a Entorpecentes do Estado, Fabrizio Galli, entre os itens apreendidos, há aparelhos eletrônicos e documentos. “O material adquirido será analisado para fazer cruzamento com aquilo que a gente já tem e eventualmente dar continuidade às investigações e aos pedidos de prisão.”

De acordo com Fabrizio Galli, uma casa no bairro Embaré e um apartamento no bairro do Gonzaga foram alvos da operação. Duas pessoas foram presas, sendo um homem e uma mulher. As prisões aconteceram em São Vicente. São proprietários de “empresas de fachada”, que atuavam na cadeia logística com cargas lícitas e alugavam parte do contêiner para introdução de drogas.

“A empresa de fachada adquiria produtos, principalmente açúcar. Fazia a compra lícita e, quando fazia a estufagem da carga, alugava galpões, onde acontecia a introdução da droga dentro dos contêineres, que iam para Europa ou África”, disse Fabrizio Galli.

Investigação

A investigação teve início em novembro de 2021 e durante o período foram apreendidas, aproximadamente, 1,6t de cocaína, em três eventos. O primeiro no Porto de Hamburgo, na Alemanha e os demais no Porto de Santos, onde a droga na ocasião foi no Porto de Santos/SP, e

As drogas, apreendidas pela Receita Federal do Brasil (RFB) tinham como destino o Porto de Antuérpia, na Bélgica e o Porto de Durban, na África do Sul.

A organização criminosa atuava na cadeia logística de tráfico transfronteiriço de substâncias entorpecentes, voltada as etapas do processo de exportação de cargas lícitas (contratação, estufagem e transporte), nas quais eram introduzidas, de forma oculta e com meios aprimorados, elevadas quantidades de cocaína destinadas a países da Europa e África.

O casal preso foi encaminhado à Justiça Federal de Santos. Os investigados serão indiciados pelos crimes de tráfico internacional de drogas e associação para o tráfico, cujas penas variam de 10 a 25 anos de reclusão.

Operação Gênesis

O nome da operação faz alusão a primeira apreensão, que deu origem ao procedimento, criando mecanismos que permitiram identificar os mandamentos que norteavam a atuação da organização criminosa.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.