Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

segunda-feira, 24 de outubro de 2022

0

JUSTIÇA CONDENA OITO EX-TRABALHADORES DO PORTO DE SANTOS POR TRÁFICO INTERNACIONAL DE DROGAS

Em maio de 2020, três estivadores foram presos em flagrante. Investigações da PF apontaram para outros cinco homens que também participavam do crime

A 5ª Vara Federal de Santos, no litoral de São Paulo, condenou oito ex-trabalhadores do Porto de Santos (SP), entre cinco e oito anos de prisão, por tráfico internacional de drogas. A decisão é do juiz Roberto Lemos dos Santos Filho, e foi tomada na última segunda-feira (17), após uma denúncia do Ministério Público Federal (MPF).

Segundo apuração da TV Tribuna, emissora afiliada à Rede Globo, as investigações começaram em maio de 2020, quando três estivadores - que fazem parte dos oito condenados - foram presos em flagrante por transportarem, no total, 12 kg de cocaína presos ao corpo. Os outros cinco foram identificados posteriormente.

Na época, o trio usava casacos grossos e, segundo documento da decisão judicial obtido pelo g1, entrava e saía do vestiário de um terminal do Porto de Santos (SP) "mais vezes que o normal". A atitude chamou a atenção de agentes da Polícia Federal (PF), que abordaram os três homens.

Após a abordagem, foi constatado que cada um dos integrantes carregava uma determinada quantidade da droga. As substâncias ficavam presas junto aos corpos dos homens por cintas abdominais e blusas de lycra. Segundo a investigação, o entorpecente era colocado em um navio com destino à Europa.

Ainda de acordo com a decisão judicial, durante interrogatório, um dos estivadores informou a PF que o grupo ganhava R$ 5 mil por cada tablete entregue. Na sequência, a corporação instaurou a investigação para desvendar o esquema por trás do transporte de drogas no Porto de Santos.

A investigação apontou a participação de oito trabalhadores portuários no esquema. O citado documento indica ainda que, apesar de apenas alguns integrantes fazerem parte do transporte da droga, os demais estavam inclusos no crime por meio de comandos operacionais, como a determinação da quantidade, data e local para a entrega dos entorpecentes.

Fonte: g1 Santos e Região


Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.