Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA EM GREVE NO PARÁ

  Em nota oficial, sindicato denuncia casos graves de intimidação Os Guardas Portuários do estado do Pará, vinculados a Companhia Docas do...

LEGISLAÇÕES

segunda-feira, 18 de julho de 2022

0

OPERAÇÃO MARITIMUM DESARTICULA ORCRIM ESPECIALIZADA NO TRÁFICO INTERNACIONAL DE DROGAS

 

Grupo atuava nos terminais portuários do Nordeste e Sudeste

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã da última quarta-feira (13), a Operação Maritimum, que visa desarticular organização criminosa (ORCRIM) especializada no tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro que atuava nos terminais portuários do Nordeste e Sudeste, principalmente, tendo como bases as regiões de Natal, Salvador e Baixada Santista.

Ao todo, cerca de 350 policiais federais, além do apoio de policiais da Polícia Militar (PM) de cada estado cumpriram 46 mandados de prisão preventiva e 90 mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara Criminal da Justiça Federal/RN nos estados do Rio Grande do Norte, São Paulo, Bahia, Pernambuco, Rio de Janeiro, Ceará e Pará.

Segundo a PF as investigações, que começaram no fim de 2021, identificaram um grupo logístico responsável pelo transporte e armazenamento da droga oriunda da fronteira do Brasil com os países produtores. Na sequência os traficantes realizavam a “contaminação” de contêineres, com a colocação dos entorpecentes nas cargas de frutas e outras mercadorias que teriam como destino os portos da Europa.

Ao longo do inquérito policial houve apreensões de drogas nos Portos de Santos/SP, Salvador/BA, Natal/RN, Fortaleza/CE e Barcarena/PA, além da interceptação de cargas nos países europeus de destino como Bélgica, França e Países Baixos.

Ao todo, no curso da investigação, foram apreendidas cerca de 8 toneladas de cocaína. Ainda nas investigações, a Polícia Federal identificou que três dos maiores traficantes em atividade no Brasil eram os destinatários dessa droga no exterior, um deles preso recentemente na Hungria.

De acordo com a PF, além dos integrantes do núcleo operacional da quadrilha, pessoas físicas e empresas foram usadas “para lavar o dinheiro do crime, ocultando e dissimulando a origem dos valores ilícitos com o objetivo de criar uma rede estruturada de tráfico internacional de drogas por intermédio da exportação de mercadorias. Nesse ponto, foi deferido o bloqueio do valor de R$ 169,6 milhões nas contas bancárias dos investigados”.

Os presos foram encaminhados para as sedes da Polícia Federal no Rio Grande do Norte, São Paulo, Bahia, Pernambuco, Rio de Janeiro, Ceará e Pará, e responderão, na medida das suas participações, entre outros crimes, integrar organização criminosa, tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro.

Nome da Operação

Segundo a PF, o nome da Operação Maritimum “é uma alusão ao modus operandi da organização criminosa que utilizava o transporte marítimo para exportar a cocaína aos portos europeus”.

Natal-Rio Grande do Norte

  Foto: Divulgação PF

No Rio Grande do Norte a PF, com a participação da Força-Tarefa de Mossoró, coordenada pelo delegado Igor Conti, apreendeu cerca de 5,15 toneladas de cocaína, em um galpão subterrâneo, em Areia Branca, na região Oeste potiguar e cumpriu 10 mandados de prisão. Outros quatro alvos de mandados, no estado, seguem foragidos.

  Foto: Divulgação PF

Dos 10 mandados cumpridos, três foram contra pessoas que já estavam detidas na Cadeia Publica de Natal. Segundo a PF, as outras sete prisões ocorreram em cidades da região metropolitana da capital potiguar.

Salvador-Bahia

Ao todo, 13 prisões preventivas foram cumpridas em todo o Brasil. Na Bahia, duas pessoas foram presas no estado.

No estado a operação cumpriu mandados as cidades de Salvador, Simões Filho e Camaçari; cidades da região metropolitana.

  Foto: Reprodução / TV Bahia

Na capital baiana, um homem foi preso no Condomínio Alphaville, endereço nobre da cidade.

Baixada Santista-São Paulo

Na Baixada Santista, no litoral de São Paulo, a PF, com o apoio da Polícia Militar, cumpriu oito mandados de prisão e 46 de busca.

Quase uma tonelada de droga, um fuzil e carros usados pelos criminosos, assim como US$ 36 mil (R$ 124 mil), passaportes e outros documentos, foram apreendidos e encaminhados à sede da Polícia Federal em Santos.

Parte dos entorpecentes apreendidos estava escondida em uma casa, no distrito de Vicente de Carvalho, Em Guarujá. Um casal escondia cerca de uma tonelada de cocaína no local em aproximadamente 45 sacos de milho.

 Cocaína apreendida estava escondida em sacos de milho — Foto: Nina Barbosa/g1 Santos

De acordo com relato de integrantes da operação, um teste químico comprovou que a substância encontrada é cocaína, e que havia cerca de 20 kg em cada saco localizado.

Segundo a PF, o casal guardava as drogas há cerca de dois meses. Na residência, os policiais federais também encontraram sacos impermeáveis e itens de pesca, que seriam usados para esconder a droga em compartimentos secretos de embarcações, além de balança digital e outros itens usados no tráfico de drogas.

Jaboatão dos Guararapes-Pernambuco

Em Pernambuco, foi cumprido um mandado de prisão e dois de busca e apreensão. Um empresário de 41 anos foi preso em Barra de Jangada, Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, suspeito de integrar uma organização criminosa.

Foto: Divulgação PF

Segundo a PF, contra o empresário, que atua no ramo de transportadora e logística, foi cumprido um mandado de prisão preventiva e um de busca e apreensão na residência dele, um flat em Barra de Jangada. No local, foram apreendidos dois celulares, um notebook, dois Hds e uma agenda.

O segundo Mandado de Busca e Apreensão foi cumprido num galpão situado no Cabo de Santo Agostinho, lá não foi encontrado nenhum material que pudesse ser de interesse da investigação.

Rio de Janeiro – RJ

No rio de Janeiro, equipes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes cumpriram mandados de busca, apreensão e prisão no Rio de Janeiro. Em um endereço de luxo em Copacabana, um homem foi preso. Os policiais também apreenderam um carro, dez cartões de crédito e nove aparelhos de telefone celular.

  Carro é apreendido por equipe da PF no Rio de Janeiro – Foto: Isabelle Saleme/ CNN Brasil

Fortaleza-CE

No Ceará, na capital Fortaleza, a operação prendeu duas pessoas e cumpriu também dois mandados de busca e apreensão.

Balanço da Operação

Na operação foram apreendidas 6,11 toneladas de drogas, sendo 5,15 toneladas de cocaína na cidade de Areia Branca, cerca de 960 kg de cocaína apreendidos em Santos e 39 kg em Salvador.

Segundo informações da Justiça Federal, esses foram os números de mandados de busca e apreensão e mandados de prisão, por estado: RN (14 MPP e 23 MBA);BA (9 MPP e 15 MBA); PA (1 MPP e 1 MBA); PE (1 MPP e 2 MBA); SP (18 MPP e 46 MBA); CE (2 MPP e 2 MBA) eRJ (1 MPP e 1 MBA).

Além disso, no contexto geral de mandados de prisão preventiva, 38 foram cumpridos e 8 indivíduos ainda estão sendo procurados. Já os mandados de busca e apreensão, dos 90 expedidos, 85 foram cumpridos.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.