Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 13 de janeiro de 2023

0

GUARDA CIVIL DA ESPANHA APREENDE 32 KG DE COCAÍNA EM NAVIO PROCEDENTE DO BRASIL

 

Droga estava dentro de 25 embalagens escondidas na parte da embarcação que fica submersa e foi avaliada em R$ 6 milhões

A Guarda Civil da Espanha informou ter apreendido 32 kg de cocaína que estavam no casco de um navio mercante procedente do Brasil. A droga, avaliada em mais de 1,1 milhão de euros (R$ 6,3 milhões), estava dentro de 25 embalagens escondidas na parte da embarcação que fica submersa. A operação ocorreu em Las Palmas, nas Ilhas Canárias, em dezembro.

Nos últimos meses, agentes da Guarda Civil têm observado atentamente os navios que fazem escala em Puerto de la Luz, na capital de Gran Canaria, e que vêm das chamadas “rotas quentes”. Fontes do instituto armado explicam que essas rotas são usadas por organizações do narcotráfico para introduzir cocaína na Europa.

Como resultado dessas inspeções de navios, a carga confiscada foi detectada. A cocaína foi colocada na parte do casco coberta por água, o que obrigou a solicitar a colaboração de mergulhadores do Grupo Especial de Atividades Subaquáticas da Espanha (GEAS).

Depois de extraída a mercadoria, foi feito um teste que confirmou que a substância encontrada era de fato cocaína. Por sua qualidade, ela poderia ser vendida no mercado a 1,144 milhão de euros, segundo estimativas dos investigadores.

A intervenção resultou da colaboração da Seção Fiscal e Fronteiriça da Guarda Civil de Puerto de la Luz com a Vigilância Aduaneira da Agência Tributária de Las Palmas. O processo policial e a substância apreendida foram colocados à disposição do tribunal de instrução de plantão em Las Palmas de Gran Canária, informou a Guarda Civil nesta segunda-feira em comunicado à imprensa.

Essa foi a segunda ação policial de dezembro na região de Gran Canária. Na anterior, segundo fontes da Guarda Civil, foram apreendidos 125 kg de cocaína avaliados em 4,47 milhões de euros (R$ 25,8 milhões).

Em agosto, foram encontrados 200 kg de cocaína num navio, também na parte submersa, que havia ancorado para reabastecimento em Santa Cruz de Tenerife durante uma viagem de transporte de milho entre Brasil e Portugal. A droga estava escondida dentro de um dos bocais de refrigeração do navio Nord Mamore, cargueiro de bandeira panamenha.

Fonte: Portal Viu- Com informações do Jornal O GLOBO


Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.