Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 19 de agosto de 2022

0

PARCEIRO DE ANDRÉ DO RAP TINHA LANCHA DE R$ 3 MILHÕES EM NOME DE DIARISTA

                                                André Oliveira Macedo, o André do Rap

O parceiro foi preso pela Polícia Federal durante a Operação Diamond

Uma lancha avaliada em R$ 3 milhões, de Vinycius Soares da Costa, 32, o Evoque, apontado como braço direito do traficante internacional de drogas André Oliveira Macedo, 44, o André do Rap, foragido da Justiça, estava em nome de uma diarista da favela Vila do Pantanal, um dos bairros mais pobres de Santos (SP), segundo a Polícia Federal (PF).

Outra loja de roupas de grife, denominada Diamonds Multimarcas, também de Evoque, estabelecida em um shopping em Santos, foi aberta em nome de uma cabeleireira, diz a PF. A mulher vive na Vila Áurea, outro bairro humilde na periferia do Guarujá (SP).

Evoque foi preso pela Polícia Federal no dia 9 de agosto, durante a Operação Diamond, cujo nome é justamente em alusão à loja de roupas dele. O parceiro de André do Rap é investigado por suspeita de lavar dinheiro arrecadado com o tráfico internacional de cocaína para a Europa, via porto de Santos.

A reportagem não conseguiu contato com o advogado João Manoel Armôa Júnior, defensor de Vinycius, mas publicará a versão dele na íntegra assim que houver um posicionamento.

Durante a operação foram cumpridos 44 mandados de busca e apreensão em São Paulo e Santa Catarina. A Justiça Federal bloqueou R$ 5,6 milhões em bens do acusado, incluindo a lancha, carros importados, relógios, esmeraldas e outras pedras preciosas.

As investigações tiveram início em dezembro de 2020, quando a Polícia Federal apreendeu R$ 1,8 milhão e US$ 730 mil em uma casa-cofre relacionada a Evoque, na cidade de Santos. Parte do dinheiro estava escondida no compartimento secreto de um carro e o restante na garagem.

 16.ago.2022 - Carro de parceiro de André do Rap apreendido pela Polícia Federal

Evoque não chegou a ser preso na ocasião. Um empreiteiro que trabalhava na construção da casa-cofre e recebeu em dólares pelos serviços prestados, e uma mulher que estava no imóvel chegaram a ser detidos e autuados em flagrante por crimes contra o sistema financeiro e lavagem de dinheiro.

Na ocasião, o advogado João Manoel Armôa Júnior afirmou à coluna que Evoque é inocente, não lava dinheiro, não é comparsa de André do Rap e não tem nenhuma relação com a apreensão realizada pela Polícia Federal na casa-cofre em Santos.

Foragido desde outubro de 2020

Apontado como um dos maiores traficantes de cocaína do Brasil e acusado de integrar o PCC (Primeiro Comando da Capital), André do Rap é procurado pela Interpol (Polícia Internacional), desde 10 de outubro de 2020, quando saiu da Penitenciária 2 de Presidente Venceslau (SP) pela porta da frente.

O narcotraficante, condenado a 15 anos e seis meses, foi solto graças a um habeas corpus concedido pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello. Horas mais tarde, a liberdade dele foi cassada pela própria Suprema Corte.

Ao assinar o alvará de Justiça na P2 de Venceslau, André do Rap forneceu como endereço um imóvel no Guarujá. Ele prometeu ir para casa, mas tomou rumo ignorado e é considerado foragido.

Os advogados de André do Rap, Anderson dos Santos Domingues e Áureo Tupinambá afirmaram à reportagem que o cliente é inocente de todas as acusações e que isso será definitivamente comprovado no curso do procedimento criminal.

Fonte: Por Josmar Jozino - UOL


Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.